sexta-feira, 26 de outubro de 2012

A orquídea pode morrer se for queimada pelo sol?


Quando uma orquídea fica exposta a sol direto, é comum aparecerem manchas circulares em suas folhas(veja as fotos).

Mas isso não quer dizer que o sol, pode fazer com que sua orquídea morra.

Na verdade...

terça-feira, 23 de outubro de 2012

Quais os nutrientes essenciais para as orquídeas? E para que serve cada um?

Alguns adubos químicos, tem escrito no rótulo, a sigla NPK e alguns números.
Esses números variam de embalagem para embalagem, certo?
Existem os 10-10-10, 20-10-30, 20-20-20, 30-10-10, 10-30-20 ... e tantos outros!
Cada número representa a quantidade de N(Nitrogênio), P(Fósforo) e K(Potássio).
Até aí, quem costuma ler sobre orquídeas ou já leu meu blog, sabe disso.

Mas você sabe para que serve cada elemento?
Você sabia que além desses três, existem outros macronutrientes e ainda os conhecidos como micronutrientes? E você sabe para que servem?

É sobre esse tema que irei tratar nesta postagem.
A partir de agora, você será capaz de saber quais os nutrientes necessários para a sua orquídea e porquê. Ficará mais saber qual usar e quando.

Vamos lá!!!


quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Mantenha-se informado, receba as atualizações do blog.

Queridos visitantes e apaixonados por orquídeas,


Convido vocês, que já conhecem meu blog e que gostam das minhas dicas, a se tornarem um seguidor.
Quando você segue o blog pelo google friends, você recebe as atualizações dele. Ou seja, sempre que eu postar uma dica ou matéria no blog, você será informado sobre as novidades.
Assim você não perderá nenhuma das dicas e das matérias que publico aqui.


Mas como eu me torno um seguidor?

Para se tornar um seguidor, basta clicar no botão "Participar deste site" , que fica no lado direito do blog, logo abaixo das postagens mais populares.


Manchas nas folhas? Apodrecimento? Insetos? Caracóis?... Conheça as Pragas e Doenças que atacam as orquídeas

Ultimamente tenho recebido muitas dúvidas sobre doenças e pragas em orquídeas.
Então, resolvi escanear um parte do livro "O mundo das Orquídeas - aprenda a conservar suas orquídeas", de Bénédicte Boudassou, que trata exatamente deste assunto.


É uma matéria curtinha que fala dos principais sintomas, o que facilita na hora da identificação das doenças.
Espero que essa matéria possa ajudá-los a identificar precocemente qualquer enfermidade. Quanto antes começar o tratamento, maiores as chances de recuperação.


Clique abaixo na matéria para ampliá-la.

domingo, 14 de outubro de 2012

Exposição de Orquídeas em Niterói - RJ

Em novembro a Asson estará promovendo  a 21ª exposição de orquídeas de Niterói.

A exposição será de  09 a 11 de novembro, no horário de 9h às 18h, no Colégio Abel (Rua Dr. Paulo César, 107. Santa Rosa, Niterói, RJ).
A entrada é gratuita!!!

Veja abaixo o comercial da exposição.

video


terça-feira, 2 de outubro de 2012

Cuidado ao comprar orquídeas pela internet


Orquídeas apreendidas pelo Ibama 


Recentemente, 13 espécies de orquídeas e uma bromélia, que estavam sendo enviadas ilegalmente pelos Correios para a cidade de Alfenas (MG), foram apreendidas pelo IBAMA. As plantas foram retiradas ilegalmente da natureza.

Cuidado com os anúncios na internet!

Segundo o Ibama, as flores estavam sendo enviadas sem o Documento de Origem Florestal (DOF), obrigatório para o transporte de todo produto de origem florestal.

O resultado é que apenas o destinatário (ou seja, quem comprou) será multado, pois não foi possível identificar o remetente. 

Provavelmente a pessoa nem imaginava que pudesse se tratar de extração ilegal, mas... 


quinta-feira, 20 de setembro de 2012

Cultivando Cymbidium - Orquídea terrestre

Para quem aprecia as Orquídeas Cymbidium, eu scaneie uma parte do livro "O mundo das Orquídeas - aprenda a conservar suas orquídeas", de Bénédicte Boudassou.
Apesar de pequeno o espaço dedicado ao gênero, é bem completo.
Espero que gostem...

(clique nas fotos deste post para ampliá-las.)

terça-feira, 21 de agosto de 2012

200.000 visitas!

Uau!
Ultrapassamos a marca de 200 mil visitas!
Obrigado a todos que visitam o meu blog e me ajudam a transformá-lo em um espaço melhor.
Agradeço também a cada um dos 119 seguidores que me seguem fielmente!
Foram 100mil visitas em quatro meses.
Uhuu!!!!

Aproveito o espaço para informar que estarei em férias no início de setembro.
Com isso, ficarei um pouco mais ausente, mas já programei novas matérias para entrarem no ar automaticamente.
Então mesmo que eu não esteja on, o blog não vai parar!

Beijinhos, beijinhos...
Cynthia

sexta-feira, 17 de agosto de 2012

 Jardim Botânico – RJ - setembro de 2012



Veja toda a Programação da Exposição “Orquídeas na Primavera”

quinta-feira, 9 de agosto de 2012

Como cultivar Dendrobium thyrsiflorum, aggregatum, lindley, nobile, pendulum, chysotoxum...?


Essa postagem é sobre o Dendrobium thyrsiflorum, mas as dicas também são válidas para outras espécies de Dendrobium, como: Den. acinaciforme, aduncum, amoenum, aphyllum ou pierardii, chrysotoxum, densoflorum, draconis, agregatum ou lindley, nobile, pendulum ou crassinode...


Dendrobium thyrsiflorum. "52 cachos"

Recebi uma dúvida, de uma leitora do blog, sobre o cultivo do Dendrobium thyrsiflorum.
Como é um Dendrobium que não é muito fácil de cuidar e precisa de alguns cuidados específicos, resolvi fazer uma postagem sobre o seu cultivo.
Espero que ela ajude outros amantes de orquídeas!


A orquídea Dendrobium thyrsiflorum, de origem do sudoeste asiático,  chama atenção pela abundante quantidade de flores e pelo seu rápido crescimento e entouceiramento.
Mas seu cultivo não é tão simples e precisamos ficar atento a algumas dicas para que ela tenha um bom desenvolvimento.

terça-feira, 7 de agosto de 2012

Vídeo sobre orquidários - aproveite e monte o seu!

Nesta matéria do Globo Rural, eles mostram dois tipos de orquidários: com sombrite e o de ripado.
Veja também a posição ideal, em relação ao sol, para construir o seu orquidário.
E descubra qual a diferença entre cultivar orquídeas em bancada e em vasos suspensos.

segunda-feira, 30 de julho de 2012

Como ter orquídeas saudáveis e lindas flores?

É comum eu receber emails de pessoas com dúvidas sobre o que precisam fazer para ter orquídeas saudáveis e que irão florescer novamente.
Algumas pessoas dizem que é muito difícil cultivar orquídeas, eu não considero assim.
Eu não acho difícil, mas você precisa estar atento há alguns requisitos.

O segredo para cultivar orquídeas é respeitar o que elas precisam e, acima de tudo, amá-las e ser dedicado(a).


quarta-feira, 25 de julho de 2012

Vídeo - como cultivar orquídeas


Selecionei este vídeo principalmente para os cultivadores iniciantes, pois tem diquinhas preciosas.
Mas se você já tem experiência no cultivo, aproveite para ver exemplares mais incomuns. Eu mesma me encantei com a espécie amazônica que floresce apenas por 24 horas.

Clique abaixo, você será direcionado para outra site para assistir o vídeo:
Como cultivar Orquídeas

Calendário de exposições 2012

Fique de olho nos próximos eventos 2012:


 
Exposição de Orquideas, Juiz de Fora, MG, de 24 a 26 de Agosto.

 Exposição de Orquideas, EXPOSORN 2012, Natal, RN, de 31 de agosto a 02 de setembro.

 Exposição da OrquidaRio, Jardim Botanico, Rio de Janeiro, RJ, de 06 a 09 de Setembro.

 Exposição Nacional de Orquídeas, Jaboticabal, MG, de 14 a 16 de setembro.

 Exposição Nacional de Orquídeas, Jau-Jau, SP, de 14 a 16 de setembro.

 Exposição da Universidade Rural do Rio Janeiro, UFRRJ, de 03 a 05 de Outubro de 2012.

 Exposição Nacional da Associação Orquidófila Paraisense, Santana do paraíso, MG, de 19 a 20 de outubro.

 Exposição de Orquideas de Niteroi - Centro Cultural La Salle - de 09 a 11 de Novembro 2012.

 Exposição nacional de orquídeas, São Bernardo do Campo, SP, de 24 a 26 de novembro.


Você sabe de mais alguma exposição que irá acontecer neste ano???
Compartilhe!!!
Envie um comentário!

segunda-feira, 9 de julho de 2012

Vídeo de um orquidário em casa

Adorei este espaço criado em uma residência de SP.
Apesar de simples, feito com materiais reaproveitado, é muito bonito e prático.
Gostei muito do layout das bancadas, ficou bem elegante.
Mas lembre-se que, neste caso, ele não foi telado e nem ripado, pois se beneficiou das árvores ao redor da casa, que fazem, de forma natural, a filtragem dos raios solares.
Isso é um ponto positivo, pois será um ambiente mais úmido, fresco e com boa luminosidade. O ponto negativo é que plantas atraem insetos, então sua orquídea ficará exposta a uma maior quantidade de insetos do que se estivesse em um orquidário com sombrite, por exemplo.

Mas acho que vale muito a pena manter um espaço no estilo mais natural!!!

Clique no link abaixo e assista a este vídeo:
Jardim é reformado e se transforma em orquidario

sexta-feira, 6 de julho de 2012

Lembrete!!

Estou passando só para lembrar que, a exposição no Catete começou hoje e termina nesse final de semana.

Eu vou no domingo de manhã.

Veja a programação das palestras de cultivo no link abaixo:
Detalhes da Exposição

segunda-feira, 2 de julho de 2012

Cuidado com os insetos sugadores!

As cochonilhas são pragas muito comuns no cultivo de orquídeas.
Estes insetos sugam a seiva da sua orquídea e pode levá-la a morte.
O globo rural apresentou, há algum tempo, uma matéria em resposta a dúvida de uma telespectadora.
Assista ao vídeo, conheça este inseto e acabe com ele, antes que ele acabe com a sua orquídea.
Basta clicar sobre a imagem para inciar o vídeo.

terça-feira, 26 de junho de 2012

Exposição de orquídeas no RJ - Museu da República, no Catete

Aos amantes de orquídeas aviso que, em breve, teremos exposição no bairro do Catete, no Rio de Janeiro.
A OrquidaRio sempre promove ótimas exposições e se você quer aumentar a sua coleção de orquídeas, este é o lugar. Sempre tem participação de vários orquidários e os preços de venda são muito bons!!!!
Aproveite também para participar de uma das oficinas e aprender com as dicas dos orquidófilos da OrquidaRio.

A entrada é gratuita!!!

Para quem se interessar...
A exposição e venda de examplares é aberta ao público nos dias 06, 07 e 08/07, de 8h às 17h.
As oficinas de cultivo são realizadas nos três dias nos horários de 10h, 12h e 16h.
Nos dias 06 e 07 também tem oficina de cultivo às 14h.

Eu vou! Quem sabe a gente não se encontra lá???!!!

segunda-feira, 25 de junho de 2012

Ganhou uma orquídea? Mas e agora... O que fazer? Parte IV


ADUBAÇÃO
Dúvidas Mais Comuns

Quanto tempo preciso adubar para notar diferença na minha orquídea?
Cada orquídea é única e, por ser um ser vivo, não é possível especificar um tempo para reação ou recuperação. Isso dependerá do estado da sua orquídea e da maneira como ela irá reagir a adubação. O que pode levar de semanas a meses.


Como irei perceber que a adubação está dando resultados?

sexta-feira, 15 de junho de 2012

Vídeos com super-dicas para depois que as flores caírem!

Como prender na árvore? 
Qual a melhor posição e tipo de tronco?

Esta matéria mostra as ruas de SP, mas aqui no Rio, principalmente na Zona Sul, essa moda também já pegou. E fica muito lindo!
O que mais gostei nesse vídeo é que eles falam dicas importantes sobre como prender na árvore, qual a melhor posição e tipo de tronco.

quinta-feira, 14 de junho de 2012

Ganhou uma orquídea? Mas e agora... O que fazer? Parte III


ALIMENTO


      A fertilização ou adubação é necessária para uma planta saudável e uma floração encantadora.
    Assim como qualquer outro ser-vivo, as orquídeas também precisam de alimento para crescerem saudáveis.
   As orquídeas não gostam de se sentir "famintas", especialmente antes e logo depois do término da sua floração.
          Esta postagem tem o objetivo de explicar o que você precisa saber sobre este tema, os cuidados necessários na hora de adubar e como deve ser feita a fertilização das orquídeas.
         Espero que minhas dicas possam ajudar você a garantir mais saúde para suas queridas orquídeas.

terça-feira, 12 de junho de 2012

Orquídeas na Rede TV


Este vídeo é do programa da Rede TV e fale sobre nossas amadas orquídeas.
Tenha cuidado só com a dica do sol, ela não vale para todas as orquídeas!
A matéria das orquídeas começa aos 2 minutos do vídeo.


quarta-feira, 30 de maio de 2012

Orquidário em Singapura

A revista Natureza de Maio de 2012, publicou esta matéria do orquidário de Singapura.
Eu fiquei com vontade de conhecer! E você?
Pois é...
Ano passado realizei minha vontade e fui até Cingapura ver de perto esse lindo espaço.
Veja as fotos da MINHA VISITA - AQUI.

segunda-feira, 28 de maio de 2012

Ganhou uma orquídea? Mas e agora... O que fazer? Parte II

Como expliquei na postagem anterior, a orquídea precisa de alguns cuidados para florecer e crescer saudável. São eles:
Luz, Ventilação, Alimento, Calor, umidade e rega.

Agora, que já falamos sobre a luminosidade, a ventilação e a temperatura, vamos entender outros fatores fundamentais para o cultivo de orquídeas: Umidade e Rega.

Lembrando que, esta série de postagens trata do cultivo de maneira geral, ou seja, a preferência de grande parte das orquídeas, por isso,  é importante saber as preferências do gênero e espécie que você está cultivando, pois existem variações que devem ser levadas em consideração.

Vamos começar...

sábado, 19 de maio de 2012

Vídeo - replantando uma orquídea

Este vídeo foi publicado no YouTube pela OrquidaRIO.
Nele vem ensinando como desenvasar uma orquídea e replantá-la.
Clique abaixo para assistir.



terça-feira, 15 de maio de 2012

Ganhou uma orquídea? Mas e agora... O que fazer? Parte I


Se você adquiriu recentemente uma orquídea...
Leia esta postagem e aproveite as outras dicas do meu blog.
Aqui você descubrirá a melhor forma de cultivá-la!

 
O cultivo de orquídeas não é difícil, com um pouco de conhecimento e dedicação, você terá a alegria de ver sua planta florir e iluminar a sua casa.
Para o sucesso no cultivo, você precisa saber de alguns segredinhos que irão ajudá-lo a entender o que sua orquídea quer, precisa e gosta!

Para crescerem saudáveis as orquídeas precisam de:
Luz, Ventilação, Alimento, Calor, umidade e rega. 

Lembrando que, a família das orquídeas (orquidaceas) é composta por um numeroso grupo de gêneros e espécies. Cada gênero tem uma preferência, portanto é aconselhado que você pesquise qual é a sua orquídea para garantir um ambiente e cuidado adequados para o seu bom desenvolvimento.
Os gêneros mais comuns no Brasil são: Cattleya, Laelia, Phalaenopsis, Dendrobium, Oncidium, Vanda, Cymbidium, Epidendrum, Miltonia e Paphiopedilum.

Vamos começar então...





sábado, 28 de abril de 2012

Como aumentar a umidade do ambiente e novidades de Miami

Gostaria de dividir com vocês mais coisas que vi na última viagem que fiz para Miami, em dezembro e janeiro passados.
Adoro essas viagens porque sempre encontro novidades e aprendo mais coisas.
Vejam só o que separei para esta postagem...

segunda-feira, 9 de abril de 2012

Mini-Phalaenopsis

Conheça a Mini-Phal, uma orquídea que já desperta olhares e suspiros de muitos apaixonados por orquídeas.
Eu mesma, já tenho a minha!!! (Foi meu afilhado Matheus quem me deu!)

Veja a matéria lançada na revista "Como cultivar orquídeas", número 46. 
Se desejar aumentar a imagem, basta clicar sobre ela.

quarta-feira, 4 de abril de 2012

Nova Página - Dicionário

O blog Paixão por Orquídeas ganhou uma nova página: Dicionário.

Nessa página coloquei algumas palavras comum do vocabulário do cultivo de orquídeas e seus significados.

Para acessá-la, clique no link abaixo ou direto no menu que fica no topo do blog.




Substrato alternativo para cultivo de orquídeas

A revista "como Cultivar Orquídeas", na edição 46, publicou uma interessante matéria sobre o uso de sementes de siriguela como uma alternativa para o plantio das orquídeas.
A seriguela é uma frutífera muito comum na região nordeste.

SIRIGUELA
(Imagem do blog olhares)


Vantagens do substrato:
- Facilita a drenagem;
- Alta durabilidade;
- Boa aeração


Clique na imagem e veja a matéria em tamanho maior:

quinta-feira, 29 de março de 2012

Como dividir a minha orquídea?

Uma forma de multiplicar a sua orquídea é através da divisão da planta adulta.
Nesta postagem vou explicar os cuidados que devemos ter nesta divisão.


Qualquer orquídea pode ser dividida?
Não! Somente as orquídeas de crescimento simpodial e desde que a planta tenha 6 pseudobulbos ou mais. 
Como é o caso das Cattleya e Laelia.
Na foto abaixo uma orquídea com 4 pseudobulbos, que não deve ser dividida.
Fonte da imagem: Dulce Nascimento

segunda-feira, 26 de março de 2012

Fixando orquídeas no alto da árvore

Nesse final de semana fui espalhar orquídeas. risos
Passei o domingão com meu marido prendendo as orquídeas nas árvores da casa da minha mãe e na minha tia.
Nessas fotos está o jardineiro da minha tia prendendo alguns exemplares que eu trouxe.




Para prender orquídeas em árvores você precisa apenas de fitilho grosso e da orquídea.

Orquídea em Miami

Mais fotos de orquídeas em Miami:

quinta-feira, 22 de março de 2012

Qual o melhor vaso? Acerte na escolha!!!

Muitas pessoas me escrevem com dúvidas na hora de escolher o vaso para plantar suas orquídeas.
No mercado, existem diversas opções à venda. Os mais comuns são: de barro,  de plástico transparente, de  plástico em cores ou caixas de madeira, conhecidas como cachepôs.





Com tantas opções? Como saber qual é a melhor escolha?
Bom, pela minha experiência, digo que, a escolha do vaso dependerá, principalmente,  de quatro fatores:
- Espécie cultivada;
- Clima da região;
- Substrato utilizado;
- Tempo disponível;




Qual o melhor?
Todos os vasos citados, são indicados para orquídeas e, cada um tem suas vantagens e desvantagens.
Nesta postagem, vou tentar explorar ao máximo cada material, para que você,  leitor do blog, escolha aquele que mais se adapta ao seu cultivo, ou seja, o que é melhor para você!

Antes de começar esta postagem, ressalto que, é importante conhecer o ambiente do local onde cultivamos as nossas orquídeas e, na hora da escolha, leve em consideração a sua disponibilidade para molhar suas plantas.
Lembre-se que, quanto maior o número de orquídeas, maior o tempo de dedicação a elas.

quinta-feira, 8 de março de 2012

Desespero!!!

Minhas orquídeas estão sendo atacadas por cochonilhas!!!

A cerca de um mês comprei algumas orquídeas e estava sem tempo para fazer a inspeção nelas. Estavam com ótimo preço, e nem tão ruins, aparentemente!

Por burrice, digo burrice, pois já sabia que elas tinham que ficar isoladas; eu as coloquei no orquidário, pois nessa época do ano fico com poucos espaços que não pegam sol.

Sempre coloco na sala ou no banheiro, pois são ambientes claros, mas sem sol, e só depois de 6 semanas, se não houver vestígio de doença, coloco no orquidário.

Separar as orquídeas novas das antigas é uma dica inicial para evitar alastrar doenças, mas...
Enfim... Misturei!

Essa minha desatenção resultou em ataque de cochonilhas. 
Essas pragas sugadoras se alastraram por pelo menos 15 Phal e 3 Cattleya. Para piorar, sintomas de fungos em outras 2 Cattleya.

Resultado, estou passando a maior parte do meu tempo livre desenvasando as orquídeas, para limpá-las e retirar as cochonilhas. 
As atacadas por fungos já tiveram suas folhas com sintoma, amputadas!
As das cochonilhas foram muito esfregadas com sabão de coco.


Doenças e pragas comum em orquídeas, passam de uma para a outra com ajuda do vento, da água, da proximidade entre os exemplares...


Que estrago!

Como não fui ver que as orquídeas novas estavam com cochonilhas?
Que droga!!!

Vou passar o final de semana catando pragas no orquidário.
Espero que só tenham sido essas.

No espaço estou com pouco mais de 80 Phal, sem contar as Cattleya, Laelia, Dendobrium... Se mais tiverem sido atacadas vou ter muito trabalho pela frente.

Ufa!!! Desabafei!!!

Mas fica a dica...
Deixe as orquídeas novas isoladas por 6 semanas!!! Só depois deste tempo, e se não tiver sinal de doença, coloque-as com as outras que você já cultivava.

segunda-feira, 5 de março de 2012

Mais um caso de sucesso - U.T.I. para orquídeas.

Há alguns dias recebi um gentil e-mail de uma cyberamiga, a Iara.

"Oi Cynthia (...) Etou lhe escrevendo para te agradecer por ter me auxiliado na recuperação de uma orquidea muito especial para mim. (...) ela está na UTI (desde 10/10/11)(...)."

Ela enviou as fotos com o resultado de sua orquídea.
Em outubro do ano passado, após conhecer o meu blog, Iara fez a UTI e em 4 meses já aparecem excelentes resultados do procedimento.
Ela ficará mais um tempo na UTI até que esteja pronta para o transplante.
Veja os resultados:

Mais coisas de Miami - Orquidários e Vandários

Voltando a falar da minha última viagem para Miami...

Muitas orquídeas adultas são vendidas em Miami por menos de R$12,00. Vejam a plaquinha da promoção:




Em um orquidário, cheguei quando estavam montando esse arranjo no tronco, pena que não pude ficar para vê-lo completo.
O que explicaram é que fixam os vasos no tronco e depois os escondem com plantas, tipo barba de velho.



Gostei desse suporte para vasos. Achei prático, fácil de fazer (acho que qualquer carpinteiro faz) é versátil (por ser facilmente trocado de lugar) e ocupa pouquíssimo espaço. Idéia aprovada!

quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Quando é hora de trocar de vaso?


Antes de começar a falar sobre quando se deve transplantar a orquídea para um vaso maior, é preciso falar sobre como é o crescimento das orquídeas.


Existem dois principais tipos de crescimento: simpodial e monopodial.


A Phalaenopsis e a Vanda têm crescimento monopodial, ou seja, seu crescimento é vertical (para cima).


Já as orquídeas do gênero Cattleya, Laelia e Oncidium têm o crescimento simpodial. Isso quer dizer que, crescem no sentido horizontal (para os lados).



Observe:



Para ficar mais claro...




Em muitas orquídeas simpodiais, o caule pode ser constituído por uma porção rasteira, o rizoma, e uma porção vertical engrossada, o pseudobulbo.

Nas monopodiais, o caule é alongado, não existe rizoma ou pseudobulbos.




Agora que, já falamos sobre os tipos de crescimento...
Vamos falar sobre a mudança de vasos!

R.F. Orchids em Miami - FL

Mais imagens do orquidário R.F. Orchids, em Miami:


sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

Meu orquidário e Onde cultivo minhas orquídeas

Alguns amigos blogueiros me perguntam sobre as minhas orquídeas e onde eu as cultivo.
Bom...
Como minha casa não tem árvores, só algumas palmeiras, eu criei um orquidário em um espaço que tinha.
Na verdade lá era o meu cantinho oriental, para quem não sabe, apesar de não comer comida japonesa e nem chinesa, eu sou uma apaixonada pela cultura do oriente, principalmente pelo paisagismo e pelo Feng Shui.

Enfim...
Eu tinha esse espaço lá em casa, com um ofurô, uma mesinha japonesa e algumas luminárias.
Fazendo algumas mudanças, colocando parafusos ganchos, uma jardineira com pedra brita, e trocando algumas telhas de cerâmica por telhas de vidro, transformei também em um orquidário, o que tem tudo a ver com a cultura oriental.

Para dividir com vocês, tirei fotos desse espaço:


quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

Casa de famosos: Ana Maria Braga

Acabou de chegar, tá fresquinha...

Chegou hoje a minha revista Natureza, a fatéria de capa é a Casa da Ana Maria Braga.

Claro que como toda casa chique, tem que ter orquídeas.

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Meu sonho de consumo!!!

Uma pequena pausa nas novidades que encontrei na minha última viagem para falar sobre bancada de jardinagem.

Desde que vi, na revista Casa de Campo (Coleção da revista Natureza), essa bancada de jardinagem, fiquei apaixonada.

Esse é o meu sonho de consumo!

O preço é o único inconveniente (risos), mas quem sabe não consigo fazer uma parecida com essa...

Ai! Ai!


Ela tem tudo que um apaixonado por orquídeas precisa:
Tem espaço para colocar substratos, argila expandida, vasinhos...


segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

Idéias de um orquidário em Miami

Vi essa bancada em um orquidário lá de Miami.
Achei interessante a forma como eles fizeram, com vergalhão, para manter os vasos suspensos.



Outro detalhe que me chamou atenção é que eles não trocam a Vanda de vasos/cachepôs. Eles simplesmente colocam o vaso menor dentro de um maior e por aí vai.

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

Plantadas em barro...

Em um dos orquidário que visitei em Miami vi uns "vasos" de barro diferentes.
Fiquei com muita vontade de comprar, mas de que adiantaria, do jeito que eles jogam as malas "com carinho" no avião, eles chegariam completamente quebrados.
Nunca vi desses modelos de vasos por aqui.



Compro sempre meus vasos em Itaboraí, na própria fábrica.
Vou levar as fotos e ver se eles fazem esses dois modelos para mim.






O bom dos vasos de barro é que não retém a umidade por muito tempo, então não se corre o risco de apodrecer as raízes pelo excesso de umidade e pela falta de aeração.

Para quem cultiva orquídeas a céu aberto, ou seja, recebendo água da chuva sem controle, é o vaso mais indicado.
Como algumas das minhas orquídeas ficam nessa condição, sou adepta ao vaso de barro.
Além do que, o peso deles é ótimo para evitar a queda dos vasos. Nos de plástico, tenho que colocar bastante brita para ajudar a pesar. Ainda mais que tenho uma gatinha bagunceira em casa que adora se esfregar em tudo, inclusive nas orquídeas.

Em breve vou postar mais coisas que vi por lá...

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Visitando orquidários em Miami - FL

Como sabem, aproveitei as férias e fui viajar com minha família.
Meu maridinho está melhor e o médico liberou o passeio, mas claro que não abusamos, né?

Visitei vários orquidários e vandários por lá, mas o que eu fiquei mais encantada foi pelo R.F. ORCHIDS.
Um lugar lindo, muito organizado, amplo e com muitas, mas muitas orquídeas.
Dava vontade de comprar um monte.

No primeiro dia, cheguei na hora que estavam fechando, então filmei correndo.
Voltei no dia seguinte para olhar mais as opções de orquídeas e a beleza de cada uma.

Assista aos vídeos que fiz lá:





Em breve eu conto mais coisa!!!!!

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

VOLTEI COM NOVIDADES!!!

Olá, amigos blogueiros!!

Após um bom período de férias, retornei cheia de novidades.
Graças a Deus meu marido está recuperado, apenas fazendo fisioterapia. Com isso, o médico liberou a nossa viagem.
Adivinhem.... Fui para a Flórida, risos, de novo!
Aproveitei a viagem para conhecer os orquidários e vandários da região.
Eles deixam os nossos no chinelo!



ALGUMAS NOVIDADES...

CESTINHAS DE ADUBAÇÃO:
Comprei umas cestinhas para adubo que achei o máximo.




Cada uma mede 5cm de altura x 2 cm de diâmetro (pequenininha).
Serve para você colocar o adubo orgânico (não solúvel em água). Desta forma você consegue economizar o adubo que não escorrerá mais pelo vaso quando molhar a planta.
Por ser de plástico, tem grande durabilidade.

Quem quiser ter algumas dessas, saiba que posso trazê-las na próxima viagem e mandar pelo correio. 
Nunca vi destas aqui e achei super-útil.
O custo é de aproximadamente R$ 0,70 cada.
Acho que valeu muito a pena, pois além da economia de adubo, posso controlar melhor a adubação.